27/05/2011

Jejum / Oração / Consagração / RESTAURAÇÃO

Pela graça de Deus estou voltando a utilizar este espaço. Muito tenho a compartilhar, porem hoje vou falar sobre Jejum.

Quarta-Feira passada iniciei um período especial de adoração a Deus. A metodologia é a de um “jejum das delicias”, ou seja, estou me abstendo de tudo o que mais gosto de comer, como doces e fast-foods. Serão 52 dias nesse propósito, desde quarta até o dia 16 de Julho.

A Bíblia conta que foram em 52 dias que os muros de Jerusalém foram reconstruídos. Este acontecimento esta relatado no Livro de Neemias, capítulos de 1 à 6. Contextualizando, esses 52 dias de 2011 significam para mim uma reconstrução e uma fortificação espiritual. Oro a Deus para que, da mesma forma que os muros de Jerusalém, eu também seja restaurado, todas as brechas sejam fechadas e que eu seja fortificado.

Vejamos aqui um pouco dessa história, com algumas aplicações para a vida cristã:


1 - Neemias muito se entristece pelos muros derribados de Jerusalém, jejua e ora

"E sucedeu que, ouvindo eu estas palavras, assentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus." Neemias 1:4

Devemos lamentar e nos entristecer com nossa fraqueza de Espírito.


2 - Neemias clama a Deus reconhecendo os pecados do povo e pedindo o perdão e a provisão do Senhor

"E disse: Ah! SENHOR Deus dos céus, Deus grande e terrível! Que guarda a aliança e a benignidade para com aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos; Estejam, pois, atentos os teus ouvidos e os teus olhos abertos, para ouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite, pelos filhos de Israel, teus servos; e faço confissão pelos pecados dos filhos de Israel, que temos cometido contra ti; também eu e a casa de meu pai temos pecado.[...] Ah! Senhor, estejam, pois, atentos os teus ouvidos à oração do teu servo, e à oração dos teus servos que desejam temer o teu nome; e faze prosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. [...]" Neemias 1:5, 6 e 11

Isso nos ensina que devemos clamar a Deus reconhecendo as nossas falhas e fraquezas, e que sem a ajuda de Deus nada podemos fazer.


3 - Neemias anima o povo para a reconstrução dos muros de Jerusalém

"Então lhes disse: Bem vedes vós a miséria em que estamos, que Jerusalém está assolada, e que as suas portas têm sido queimadas a fogo; vinde, pois, e reedifiquemos o muro de Jerusalém, e não sejamos mais um opróbrio. Então lhes declarei como a mão do meu Deus me fora favorável, como também as palavras do rei, que ele me tinha dito; então disseram: Levantemo-nos, e edifiquemos. E esforçaram as suas mãos para a boa obra." Neemias 2:17 e 18

Isso nos ensina que devemos, alem de jejuar e orar a Deus, tomar atitudes práticas que refletem a transformação de nossas vidas: cessar nas práticas pecaminosas, buscar a Deus e seguir a sua vontade sem questionar. Um sacrifício como o jejum não significará nada se não for acompanhado de um quebrantamento espiritual prático. Diz o Salmo 51 vers.17 que "Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus"


4 - Os inimigos zombam de Neemias, mas ele se põe em guarda

"Mas, ouvindo Sambalate e Tobias, e os arábios, os amonitas e os asdoditas que a reparação dos muros de Jerusalém ia avante e que já se começavam a fechar-lhe as brechas, ficaram sobremodo irados, E ligaram-se entre si todos, para virem guerrear contra Jerusalém, e para os desviarem do seu intento. Porém nós oramos ao nosso Deus e pusemos guarda contra eles, de dia e de noite." Neemias 4: 7 à 9

Nesse mundo pós-moderno em que para a maioria das pessoas "o que vale é ser feliz, fazer o que der na cabeça", soa escandaloso que alguém queira fazer não a sua vontade, mais a vontade de Deus. Lembremos que estamos de passagem neste mundo. Cumpramos com alegria a vontade de Deus para a nossa vida, e herdaremos a eternidade com Ele. Devemos ser vigilantes em nosso propósito, servos fieis!


5 - Os muros Jerusalém são reconstruídos.

"Acabou-se, pois, o muro aos vinte e cinco do mês de Elul; em cinqüenta e dois dias. E sucedeu que, ouvindo-o todos os nossos inimigos, todos os povos que havia em redor de nós temeram, e abateram-se muito a seus próprios olhos; porque reconheceram que o nosso Deus fizera esta obra." Neemias 6: 15 e 16.

É a vitória que chegará no tempo de Deus! Quero já testemunhar que esses primeiros dias de consagração já estão frutificando na minha vida. Com a mudança nos hábitos alimentares, vejo também uma mudança espiritual. Sinto que estou mais perto de Deus, e louvo a Ele por isso, Aleluia!


Disse Jesus: “Aquele de mim se alimenta, também por mim. viverá” João 6:57

Um comentário:

  1. Gostei mt do post :)
    Eu realmente tô precisando fazer uma consagração maior, pela minha vida espiritual, pelo ministério que Deus tem na minha vida e pela obra que estou orando pra que Deus levante no curso d Serviço Social...
    Deus vai fazer a sua vontade, disso eu não tenho dúvidas. :)

    Paz :)

    ResponderExcluir

É uma honra pra mim receber a reação dos meus leitores às minhas postagens. Evitem o anonimato. Comentem sempre!